Claudiney dos Santos é bicampeão paralímpico no lançamento de disco

Com um lançamento de 45m59, o brasileiro Claudiney Batista dos Santos conquistou mais uma medalha de ouro para o Brasil nos Jogos Paralímpicos de Tóquio (Japão). O favoritismo do atleta no lançamento de disco classe F56 (cadeirantes)  se confirmou na madrugada desta segunda-feira (30): ele conseguiu os quatro melhores lançamentos da prova, em seis tentativas. O bicampeão faturou o primeiro ouro paralímpico na Rio 2016.

Além de conquistar o ouro, Claudiney bateu novamente o recorde paralímpico. Ele detém também o recorde mundial (46m68). Com a medalha obtida nesta madrugada, o atletismo chega a cinco medalhas em Tóquio. O pódio do lançamento de disco teve também o indiano Yogesh Kathuniya, que fez um lançamento de 44m38, medalha de pata, e o cubano Leonardo Aldana, que levou o bronze com um lançamento de 43m36.

A classe F56 abrange atletas com sequelas de poliomielite, lesão medular e amputação. O medalhista brasileiro teve sua perna esquerda amputada após um acidente de moto em 2005. Antes do acidente ele praticava halterofilismo. A entrada no atletismo foi em 2006.

Entre suas principais conquistas de Claudiney nos últimos anos estão a a medalha de ouro no Mundial Dubai 2019, e ouro no lançamento de disco e prata no lançamento de peso nos Jogos Parapan-Americanos Lima 2019. 

Prorrogado prazo de inscrições do Bolsa Esporte

O Governo do Estado prorrogou o prazo para apresentação de propostas para o Bolsa Esporte. Atletas interessados no incentivo financeiro e técnico oferecido pelo programa têm até 8 de setembro para realizar as inscrições. As informações sobre o processo seletivo podem ser consultadas no link.

Com um investimento de R$ 1,2 milhão, o edital oferece benefícios mensais de R$ 380 a R$ 2 mil para atletas baianos radicados no Estado, desde a iniciação até o alto rendimento. O apoio é concedido pelo prazo de um ano e renovável por igual período. Serão atendidas 37 modalidades olímpicas e 21 paralímpicas, além de mais 25 classificadas como modalidades reconhecidas e vinculadas.

Liverpool se recusa a liberar Salah para jogos das Eliminatórias

O Liverpool se recusou a permitir que o atacante Mohamed Salah viaje para a África para as Eliminatórias da Copa do Mundo com a seleção do Egito no mês que vem, pois ele seria forçado a cumprir um período de quarentena em seu retorno à Inglaterra, afirmou a Associação Egípcia de Futebol (AEF) nesta segunda-feira (23).

Isso abre um precedente para recusas semelhantes de outros clubes europeus antes das Eliminatórias para a Copa no mês que vem na África, na Ásia, na região do Caribe e América do Norte, na Europa e na América do Sul, e coloca os times em uma potencial rota de colisão com a Fifa.

Uma declaração da AEF diz que o Liverpool havia pedido desculpas por não permitir que o capitão da seleção egípcia viajasse para casa para a disputa da partida contra Angola, no Cairo no dia 2 de setembro, com uma viagem para o Gabão três dias depois.

“A Associação Egípcia de Futebol recebeu uma carta do Liverpool pedindo desculpas pela impossibilidade de seu jogador Mohamed Salah se juntar à seleção nacional no mês que vem para as Eliminatórias africanas para a Copa do Mundo”, diz o comunicado da AEF.

“A carta do clube inglês se refere a medidas de precaução aplicadas na Inglaterra para enfrentar a propagação do novo coronavírus [covid-19], o que força pessoas voltando de alguns países a cumprirem períodos de isolamento sanitário por um período de 10 dias após o retorno à Inglaterra”, acrescentou a nota.

Nadador Allan do Carmo viaja para disputa de prova internacional

O nadador baiano Allan do Carmo viajou, na noite de domingo (22), rumo a Escópia, capital da Macedônia, na Europa, para representar a Bahia na Copa do Mundo de Maratonas Aquáticas 2021.

De acordo com a Federação Baiana de Desportos Aquáticos (FBDA), a partir desta prova, Allan do Carmo inicia sua trajetória em busca de uma posição entre os primeiros do ranking mundial, no novo ciclo com vistas para os Jogos Olímpicos de Paris, em 2024.

Ainda na próxima semana, na quarta-feira (25), a atleta Claudine Tekes embarca com destino a Palmas/Tocantins para participar da terceira etapa do Campeonato Brasileiro de Maratonas Aquáticas que acontece entre os dias 26 e 28 de agosto. A maratonista, de 18 anos, foi vice-campeã do Campeonato Brasileiro de Categoria em Maratonas Aquáticas da CBDA nos anos 2017 e 2018, e garantiu o 3º lugar na mesma competição em 2019.

Meia Daniel renova contrato com o Bahia

Titular absoluto do Bahia, o meia Daniel renovou contrato até o final de 2023. O vínculo anterior do atleta, de 25 anos, se encerrava ao final da atual temporada.

Na tricolor desde o início de 2020, quando chegou do Fluminense, onde começou a carreira, ele já disputou 83 jogos e marcou cinco gols.

Vitória tem reforço para jogo contra o Guarani

O elenco do Vitória retomou as atividades na manhã desta sexta-feira (20), no Centro de Treinamento Manoel Pontes Tanajura, visando a partida contra o Guarani, neste sábado (21), às 16h30, no Barradão. o jogo é o porimeiro do returno da Série B.

Para o duelo, o técnico Wagner Lopes terá à disposição o volante uruguaio Pablo Siles, que cumpriu suspensão na última rodada.O zagueiro Thalisson Kelven, recuperado da contusão no ombro esquerdo, provavelmente será liberado para a partida.

O Leão é o 18º colocado da Série B, com 16 pontos. O Aproveitamento é de 28%.

Atletas de SAJ e Castro Alves são contemplados pelo FazAtleta

A nova lista de atletas contemplados pelo Programa de Incentivo ao Esporte Amador, Olímpico, Paralímpico do Estado da Bahia (FazAtleta) foi divulgada na edição do Diário Oficial do Estado desta quarta-feira (18). Foram 13 novas propostas selecionadas, elevando o número de beneficiados para 70 projetos aprovados. Deste total, 51 atletas são do interior do estado.

Até o momento, cerca de 50 empresas investem, por meio do FazAtleta, em talentos do esporte distribuídos em 21 municípios do estado. Judô e ciclismo são as modalidades que mais tiveram propostas aprovadas. As duas juntas, somam 50 propostas, quase 80% das modalidades atendidas nas duas listas divulgadas até agora (a primeira, em 06 de agosto e esta de agora). As outras modalidades são: natação, tênis, hipismo, rali, karatê, paracanoagem, triathlon e jet ski.

Do Sudoeste, Jequié é o município baiano que mais emplacou atletas até agora. Ao todo, 12 propostas já foram aprovadas, com predomínio do judô, com nove projetos. Em seguida a cidade de Cruz das Almas, com outras cinco. Já em Salvador, 19 atletas estão sendo beneficiados.

Lista de municípios contemplados: Salvador, Jequié, Cruz das Almas, Vitória da Conquista, Barreiras, São Gonçalo dos Campos, Lauro de Freitas, Mucugê, Governador Mangabeira, Senhor do Bonfim, Alagoinhas, Caetité, Feira de Santana, Luis Eduardo Magalhães, Irecê, Castro Alves, Santo Antônio de Jesus, Manoel Vitorino, Valença, Camaçari e Mata de São João.

Baianos são convocados para competição internacional de canoagem

Depois do triathlon, é a vez de a canoagem baiana dar continuidade à excelência no esporte com a convocação dos atletas Jonata Coutinho dos Santos, Evely Santos Gomes e Radija Ferreira da Conceição para a prova Olympic Hopes 2021, que ocorrerá de 9 a 12 de setembro, na cidade de Racice, na República Tcheca.

Os três atletas passaram por edições do projeto social de iniciação na canoagem Remando no Rio de Contas e que no ano passado foi rebatizado como Remando no Litoral Sul. O projeto desenvolve aulas de iniciação esportiva na canoagem em núcleos nos municípios de Itacaré, Ubaitaba, Ubatã e, desde 2020, em Maraú.

O convite aos baianos para a prova internacional partiu da Confederação Brasileira de Canoagem. Além dos três atletas, integram a delegação brasileira os técnicos Ronilson Matias de Oliveira, Figueiroa Conceição Souza e Álvaro Acco Koslowski.

“A convocação para essa prova internacional confirma, mais uma vez, que a canoagem da Bahia segue em alta, com talento e potencial de atletas reconhecidos por dirigentes da modalidade esportiva”, ressalta Vicente.

GP de São Paulo terá 100% de público e só vacinados poderão participar

O Grande Prêmio de São Paulo 2021, novo nome da etapa brasileira da Fórmula 1, está confirmado para este ano e será realizado em novembro, no Autódromo de Interlagos, na capital paulista. A evento terá a presença de 100% do público, disse hoje (16) o governador de São Paulo, João Doria, em entrevista coletiva. O público, segundo ele, será obrigado a usar máscara e terá temperatura medida.

“Destaco desde já, inclusive aos torcedores e apaixonados pela F1, que será obrigatório o uso de máscara para os treinos, o sprint race na corrida no domingo. Também a temperatura será medida de todas as pessoas, profissionais, técnicos, corredores, mecânicos, auxiliares, assim como prestadores de serviço”, disse o governador.

Além da máscara, outra exigência para o público será a vacina contra a covid-19. “Obviamente só poderá participar quem estiver vacinado. Então, a vacina, além de ser um passaporte para salvar a vida da pessoa e da coletividade, também será um passaporte para participar das atividades aqui na cidade”, disse o prefeito de São Paulo, Ricardo Nunes. O secretário estadual da Saúde, Jean Gorinchteyn, acrescentou que as pessoas também deverão ser testadas 48 horas antes do horário da prova.

Três lotes de ingressos para assistir a prova já foram vendidos em apenas três dias e um novo lote será disponibilizado a partir do dia 27 de agosto, ao meio-dia. Segundo Alan Adler, CEO (chief executive officer, diretor presidente) e promotor da prova, cerca de 20 mil ingressos serão colocados à venda.

O GP São Paulo, segundo o governador, não tem chances de ser cancelado. “Não há essa expectativa. Falei, inclusive, com o diretor da F1 [Stefano Domenicali]. Não há nenhuma possibilidade. Só se houver uma situação inesperada em todos os sentidos. Estamos muito tranquilos em relação à realização da F1. Fica só a confirmação quanto à data”, disse Doria.

O Brasil já realizou 48 grandes prêmios de Fórmula 1, sendo que 38 deles aconteceram no Autódromo de Interlagos, em São Paulo. No ano passado, por causa da pandemia do novo coronavírus, a prova não foi realizada no Brasil.

Grande Prêmio

A corrida estava marcada inicialmente para os dia 5 a 7 de novembro, mas o governo de São Paulo e a prefeitura paulistana solicitaram o adiamento para o fim de semana seguinte, entre os dias 12 e 14 de novembro, devido ao feriado de 15 de novembro. A ideia seria que o GP do México ocorresse entre os dias 6 e 7 de novembro e o de São Paulo no final de semana seguinte. Isso ainda está sendo analisado e uma resposta deve ser dada até o dia 26 de agosto.

Segundo Doria, esse adiamento aumentaria em até 25% do impacto financeiro em São Paulo. “Se esse pedido for aceito, para nós aumenta muito o ingresso de receita na cidade e no estado. Poderemos ter uma expansão de até 25% na receita da Fórmula 1 em São Paulo, chegando a R$ 140 milhões de ingressos na cidade e isso também gera mais empregos”, disse.

Agência Brasil

scroll to top