Parecida com a dengue, Febre Oropouche chega a Amargosa e Santo Antônio de Jesus

Foto: Divulgação/Sesab

Saltou de 55 para 80 o número de casos de Febre Oropouche na Bahia, informou nesta terça-feira (16) a Secretaria da Saúde do Estado (Sesab). A pasta intensificou as ações de investigação epidemiológica nas regiões em que houve registros da doença.

Técnicos da Vigilância Epidemiológica do Estado estão fazendo a captura do vetor, o mosquito Culicoides paraensis, conhecido como maruim ou mosquito-pólvora, para identificar se os animais estão infectados. Esse trabalho busca compreender melhor o cenário dessa doença na Bahia.

Os 80 casos foram confirmados em residentes dos municípios de Amargosa (3), Camamu (1), Gandu (3), Ibirapitanga (1), Ituberá (1), Jaguaripe (1), Laje (14), Maragogipe (1), Mutuípe (2), Piraí do Norte (1), Presidente Tancredo Neves (9), Salvador (2), Santo Antônio de Jesus (4), Taperoá (4), Teolândia (23) e Valença (10).

A diretora da Vigilância Epidemiológica do Estado, Márcia São Pedro, aponta que, desde o primeiro caso confirmado, a Sesab ficou em alerta. “Toda vez que falamos em agravo de interesse a saúde pública, um caso já é um sinal de alerta para a vigilância epidemiológica, mesmo que não haja um cenário de ameaça iminente”, afirma.

Ainda segundo Márcia São Pedro, é importante que as pessoas usem roupas compridas e façam uso de repelentes. “Ressaltamos também que não se deve deixar lixo e folhas acumulados, pois a existência destes materiais facilita a reprodução do vetor”, afirma. Ela ainda destaca que ao aparecer qualquer sintoma, a pessoa deve buscar uma unidade de saúde.

“Por ser causada por um arbovírus, a Febre Oropouche tem sintomas muito parecidos com os da dengue como febre, dor no corpo e dores nas articulações”, explica a Diretora. Não existe tratamento específico para a Febre do Oropouche, sendo o manejo clínico focado no alívio dos sintomas.

Prefeitura de Amargosa anuncia operação emergencial para evitar evolução dos casos de arboviroses no município

Foto: Paulo Pinto/Agência Brasil

Com o registro de um total de 238 notificações de possíveis casos de arboviroses, sendo 25 positivos para dengue, um para Chikungunya e 189 negativados, a prefeitura de Amargosa anunciou, na quinta-feira (11), uma série de medidas emergenciais. O objetivo é evitar a superlotação da rede municipal de saúde em decorrência dos casos de arboviroses e síndromes gripais. As ações vão desde o trabalho porta a porta, realizado pelos agentes comunitários de saúde e os de endemias, até a ampliação da infraestrutura física e de equipes médicas.

Para agilizar o atendimento e evitar o congestionamento da emergência do Hospital Municipal, que teve um aumento de 100% no número de atendimentos, as equipes de triagem serão reforçadas. Haverá também a instalação de uma unidade ambulatorial anexa ao hospital, onde os pacientes sintomáticos passarão por uma consulta médica e serão medicados, caso seja necessário.

Os postos de saúde, principal porta de entrada na rede pública, darão prioridade aos possíveis casos de gripe e arboviroses, ampliando a capacidade de atendimento/dia.

Os agentes comunitários de saúde e os de endemias darão continuidade à força-tarefa iniciada há mais de um mês, quando fizeram um curso sobre o Manejo Clínico da Dengue; aprenderam a forma correta de notificar e encerrar casos no SINAN; organizaram mutirões de limpeza em pontos estratégicos e visitas domiciliar para identificação e eliminação de focos do Aedes Aegypti (água parada, focos do mosquito, larvas).

Segundo dados da Secretaria Estadual da Saúde (SESAB), atualmente 265 municípios estão em epidemia, 80 em risco e 18 em alerta. No caso de Amargosa, o município está em estado de epidemia, não pelo número de casos confirmados, mas pelo número de notificações de possíveis casos.

“Este é um conjunto de medidas para evitar um cenário mais grave das arboviroses em nossa cidade. Sabemos que entre os municípios do Vale do Jiquriçá, Amargosa é o que está em melhor situação e queremos que continue assim. Por isso, reforçamos as equipes e a infraestrutura de atendimento e criamos estratégias de atuação”, disse o prefeito Júlio Pinheiro.

Amargosa passa a oferecer tratamento de varizes na rede pública

Foto: Freepik

Encaminhados pela Regulação Municipal, cerca de 400 pacientes, da cidade e da zona rural de Amargosa, passaram por uma triagem médica, na segunda (8) e nesta terça-feira (9), para saberem se estão aptos a realizar a Escleroterapia Ecoguiada por Espuma.

O procedimento, relativamente simples e que não exige internação, trata a dor e o desconforto provocados pelas varizes. A realização dos primeiros procedimentos ocorrerá já na próxima quinta-feira (11), na Policlínica Municipal.

Os pacientes que já possuem solicitação médica para realização do procedimento devem procurar a Regulação Municipal com os exames e documentos necessários (RG, CPF e Cartão do SUS). O tratamento de varizes será oferecido de forma permanente.

Universidade para Todos divulga selecionados para Elísio Medrado, Amargosa, Itatim, Castro Alves e outras cidades

Foto: Amanda Chung/SEC

A Secretaria da Educação do Estado (SEC) divulgou nesta sexta-feira (5) o resultado do processo seletivo do Programa Universidade para Todos (UPT), que prepara os estudantes para o acesso ao Ensino Superior. As aulas serão ministradas em diversas cidades baianas, inclusive Elísio Medrado, Amargosa, Itatim e Castro Alves.

A relação oficial dos candidatos selecionados pode ser conferida no Portal da Educação, através do endereço www.educacao.ba.gov.br. O candidato contemplado e convocado efetuará a sua matrícula no período de 9 a 19 de abril e a mesma será realizada pelas respectivas universidades. As aulas serão iniciadas no dia 22 de abril.

A seleção foi destinada a estudantes da rede pública do Estado regularmente matriculado, em 2024, no 3º ano do Ensino Médio regular estadual ou municipal (ou suas modalidades correspondentes), e no 4º ano da Educação Profissional Integrada ao Ensino Médio estadual ou municipal (ou suas modalidades correspondentes), além de egresso do Ensino Médio estadual ou municipal da Bahia.

Amargosa vai sediar as cirurgias ortopédicas no Vale do Jiquiriçá

Fotos: Edson Andrade/Prefeitura de Amargosa

Os 20 municípios que compõem o Vale do Jiquiriçá passam a contar com a oferta de cirurgias ortopédicas pelo SUS. Os procedimentos serão realizados no Complexo Municipal de Saúde de Amargosa e o trabalho de triagem médica terá início na próxima quinta-feira (04), com início dos procedimentos cirúrgicos previsto para o dia 12 de abril.

Serão realizadas cirurgias de fratura em ossos dos MMSS (úmero, rádio e ulna); fratura em ossos dos MMII (fêmur, tíbia , fíbula e pé); redução incruenta sem síntese (deslocamento de ombro, tornozelo, e cotovelo); retirada de materiais de síntese (fio, pino, placa, parafuso, fixador externo); debridamento cirúrgico (feridas em geral – não atenderá feridas vasculares e pé diabético); tratamento cirúrgico de pseudoartrose e dores e rigidez nas articulações (joelho, tornozelo, punho, pescoço, cotovelo, quadril).

Os pacientes, que precisam ter mais de 16 anos, devem se dirigir à Regulação de suas cidades levando a requisição médica. A partir daí, será marcada uma consulta de triagem médica com o cirurgião e a marcação do procedimento.

Esta ação tem o apoio do governo do estado e deve beneficiar os municípios de Amargosa, Brejões, Cravolândia, Elísio Medrado, Irajuba, Itaquara, Itiruçu, Jaguaquara, Jiquiriçá, Lafayette Coutinho, Laje, Lajedo do Tabocal, Maracás, Milagres, Mutuípe, Nova Itarana, Planaltino, Santa Inês, São Miguel das Matas, Ubaíra.

Amargosa tem dois casos de dengue confirmados e outros 76 são investigados

Foto: Paulo Pinto/Agência Brasil

A Secretaria Municipal de Saúde de Amargosa divulgou, nesta quinta-feira (28), um boletim com o balanço de casos de dengue no município. Até o momento, foram registrados dois casos positivos e outros 76 aguardam o resultado da análise do material que foi enviado ao Laboratório Central (Lacen), em Salvador.

Segundo os critérios de avaliação da Secretaria da Saúde da Bahia (Sesab), que considera a evolução do registro de casos nos últimos sete anos na cidade, Amargosa está vivendo uma epidemia de dengue.

A secretária municipal da Saúde, Rosângela Almeida, afirma que não há motivo para pânico. “Aumentamos a notificação do número de possíveis casos e isso acende um alerta, mas é importante considerar que isso se deve tambem ao fato de estarmos mais próximos da população através de nossa rede de atenção básica”.

Rosângela lembra que esta é uma batalha que deve ter população e poder público lutando juntos. A população deve continuar a usar repelente e estar atenta a possíveis focos do mosquito. Enquanto isso, as equipes da Vigilância Epidemiológica seguirão com as visitas domiciliares.

Boletim de casos notificados até 27 de março

Casos notificados: 103
Negativos: 25
Casos positivos: 2
Aguardando resultados: 76

Confira atrações já confirmadas para o São João em cidades do Recôncavo, Vale do Jiquriçá e Piemonte do Paraguaçu

Foto: Edson Andrade/Prefeitura de Amargosa

Faltam menos de 90 dias para o São João e alguns municípios do Recôncavo, Vale do Jiquiriçá e Piemonte do Paraguaçu já anunciaram atrações para os festejos juninos. Este ano, inclusive, o dia 24 de junho, feriado, cairá na segunda-feira, o que deve proporcionar a vinda de um grande público da capital Salvador.

Em Amargosa, no Vale do Jiquiriçá, os primeiros acordes da sanfona serão emitidos já no dia 19 de junho (quarta-feira), aniversário da cidade. A partir daí, a tradicional festa seguirá até dia 24. Serão seis dias de muito forró na Praça do Bosque.

Em Santo Antônio de Jesus e Cruz das Almas, no Recôncavo, a festa terá início no dia 20, quinta-feira. Assim como a vizinha Amargosa, as duas cidades costumam reunir um grande público durante o período. Na mesma região do estado, Castro Alves vai ser palco de mais uma edição do Arraiá do Poeta, em data que ainda será divulgada pela prefeitura.

Próxima de Cruz das Almas, Conceição do Almeida também vai ter forró. O São João do Almeidão ocorrerá de 22 a 24 de junho. Em Laje, no Vale do Jiquiriçá, a movimentação para organizar a festa, que será realizada de 21 a 24 do mesmo mês, também já é intensa.

No Piemonte do Paraguaçu, Iaçu e Itaberaba também farão festa junina. Na primeira cidade, o forró vai rolar de 21 a 24 de junho. Já em Itaberaba a festa acontece mais cedo: de 13 a 16.

Atrações já confirmadas em cada cidade

Amargosa (19 a 24 de junho)

Xand Avião, Matheus & Kauan, Lauana Prado, Geraldo Azevedo, Waldonys, Santanna, Lara Amélia, Flávio José, Estakazero, Marília Tavares, Henry Freitas, Tayrone, Heitor Costa e Magníficos.

Santo Antônio de Jesus (20 a 24 de junho)

Wesley Safadão, Maiara & Maraísa, Xand Avião, Dorgival Dantas, Toque Dez , Tarcísio do Acordeon, Cavaleiros do Forró, Flávio José e Calcinha Preta.

Cruz das Almas (20 a 24 de junho)

Mari Fernandez, Dorgival Dantas, Santanna, Tayrone, Flávio José, Matheus & Kauan, Solange Almeida, Adelmário Coelho, Wesley Safadão, Zé Neto & Cristiano, Calcinha Preta, Alcymar Monteiro, João Gomes, Toque Dez e outros.

Castro Alves (data a ser definida)

Calcinha Preta e Mano Walter.

Conceição do Almeida (22 a 24 de junho)

Tarcísio do Acordeon, Solange Almeida, Silvano Salles, Parangolé, Heitor Costa, Michele Andrade, Forrozão das Antigas, Virgílio e Caviar com Rapadura. 

Laje (21 a 24 de junho)

Pablo, Xanddy Harmonia, Heitor Costa, Dan Ventura, Caviar com Rapadura, Silvanno Salles, Banda Encantus, Nadson O Ferinha, Canários do Reino, Toque Dez e Batista Lima.

Iaçu (21 a 24 de junho)

Nadson O Ferinha, Flor Serena, Mano Walter, Jonas Esticado, Batista Lima, Naiara Azevedo e Estakazero.

Itaberaba (13 a 16 de junho)

Calcinha Preta, Bell Marques, Batista Lima, Mastruz com Leite e Fulô de Mandacaru.

Amargosa, São Miguel das Matas, Varzedo e Itatim entram na lista de municípios com epidemia de dengue

Foto: Divulgação/Sesab

A Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) atualizou a lista de municípios que estão em estado epidemia de dengue. De acordo com a Diretoria de Vigilância Epidemiológica (Divep) da Sesab são 285, o que representa 68% das cidades baianas. Outras 45 cidades estão em risco e 12 em estado de alerta.

A nova lista da Divep inclui as cidades de Amargosa, São Miguel das Matas, Varzedo e Itatim. Santo Antônio de Jesus, onde duas mortes causadas pela doença já foram registradas, já está entre as cidades com epidemia há algum tempo.

O i75 apurou, junto à Sesab, que Santo Antônio de Jesus possui 819 casos prováveis, Varzedo tem 189, Itatim está com 76, Amargosa está com 59 e São Miguel das Matas, 36.

Veja também

Sabe o que é Febre do Oropouche? Doença é detectada no Vale do Jiquiriçá

Ao todo, na Bahia, foram notificados 81.428 casos prováveis da doença até o dia 23 de março de 2024, registrando um Coeficiente de Incidência (CI) de 575,8 de casos/100.000 habitantes. No mesmo período de 2023, foram notificados 13.854 casos prováveis, o que representa um aumento de 487,8%.

Apesar do alto número de casos, Bahia possui uma taxa de letalidade de 1,47, menor do que a média nacional. Ao todo, foram confirmados 21 óbitos por dengue nos municípios de Jacaraci (4), Vitória da Conquista (4), Piripá (3), Santo Antônio de Jesus (2), Barra do Choça (1), Caetité (1), Campo Formoso (1), Feira de Santana (1), Ibiassucê (1), Irecê (1), Juazeiro (1) e Santo Estêvão (1).

Lista de municípios em epidemia de dengue

Abaré
Adustina
Água Fria
Aiquara
Alagoinhas
Alcobaça
Amargosa
Amélia Rodrigues
América Dourada
Anagé
Andaraí
Andorinha
Angical
Antas
Antônio Cardoso
Antônio Gonçalves
Aporá
Aracatu
Araci
Baianópolis
Barra
Barra do Choça
Barra do Mendes
Barra do Rocha
Barreiras
Barro Alto
Barro Preto
Barrocas
Belmonte
Belo Campo
Biritinga
Boa Nova
Bom Jesus da Lapa
Bom Jesus da Serra
Boninal
Bonito
Boquira
Botuporã
Brejões
Brejolândia
Brotas de Macaúbas
Brumado
Buritirama
Caatiba
Cabaceiras do Paraguaçu
Cachoeira
Caculé
Caém
Caetanos
Caetité
Cafarnaum
Caldeirão Grande
Camacan
Camaçari
Campo Formoso
Canápolis
Canarana
Candeal
Candiba
Cândido Sales
Cansanção
Capela do Alto Alegre
Capim Grosso
Caraíbas
Caravelas
Carinhanha
Catolândia
Catu
Caturama
Central
Chorrochó
Cícero Dantas
Coaraci
Cocos
Conceição do Almeida
Conceição do Jacuípe
Conde
Condeúba
Contendas do Sincorá
Coração de Maria
Cordeiros
Coribe
Correntina
Cotegipe
Crisópolis
Cristópolis
Curaçá
Dom Macedo Costa
Encruzilhada
Entre Rios
Esplanada
Euclides da Cunha
Fátima
Feira da Mata
Feira de Santana
Filadélfia
Firmino Alves
Formosa do Rio Preto
Gentio do Ouro
Guanambi
Guaratinga
Ibiassucê
Ibicoara
Ibicuí
Ibipeba
Ibipitanga
Ibirataia
Ibitiara
Ibititá
Ibotirama
Ichu
Igaporã
Iguaí
Ilhéus
Ipecaetá
Ipiaú
Ipirá
Iraquara
Irará
Irecê
Itabela
Itaberaba
Itaetê
Itagi
Itagibá
Itagimirim
Itaguaçu da Bahia
Itajuípe
Itambé
Itaparica
Itapé
Itapebi
Itapetinga
Itaquara
Itatim
Itiruçu
Itororó
Ituberá
Iuiú
Jaborandi
Jacaraci
Jacobina
Jaguaquara
Jequié
Jeremoabo
Juazeiro
Jucuruçu
Jussara
Lafaiete Coutinho
Lagoa Real
Laje
Lajedão
Lençóis
Licínio de Almeida
Livramento de Nossa Senhora
Macarani
Macaúbas
Macururé
Maetinga
Maiquinique
Mairi
Malhada
Malhada de Pedras
Manoel Vitorino
Mansidão
Maracás
Maraú
Marcionílio Souza
Mascote
Matina
Miguel Calmon
Mirangaba
Mirante
Morro do Chapéu
Mortugaba
Mucugê
Mucuri
Mulungu do Morro
Mundo Novo
Muquém do São Francisco
Muritiba
Nordestina
Nova Canaã
Nova Redenção
Nova Soure
Nova Viçosa
Novo Horizonte
Olindina
Ourolândia
Palmas de Monte Alto
Palmeiras
Paramirim
Paratinga
Paripiranga
Pau Brasil
Pé de Serra
Pedrão
Pindaí
Pindobaçu
Pintadas
Piraí do Norte
Piripá
Piritiba
Planaltino
Planalto
Poções
Pojuca
Porto Seguro
Prado
Presidente Dutra
Presidente Jânio Quadros
Quijingue
Quixabeira
Rafael Jambeiro
Remanso
Riachão das Neves
Riachão do Jacuípe
Riacho de Santana
Ribeira do Pombal
Ribeirão do Largo
Rio de Contas
Rio do Antônio
Rio do Pires
Rodelas
Salvador
Santa Bárbara
Santa Cruz Cabrália
Santa Luzia
Santa Maria da Vitória
Santa Rita de Cássia
Santana
Santanópolis
Santo Antônio de Jesus
Santo Estêvão
São Felipe
São Félix do Coribe
São Francisco do Conde
São Gabriel
São Gonçalo dos Campos
São José da Vitória
São José do Jacuípe
São Miguel das Matas
São Sebastião do Passé
Sapeaçu
Sátiro Dias
Saubara
Saúde
Seabra
Sebastião Laranjeiras
Senhor do Bonfim
Serra do Ramalho
Serra Dourada
Serrinha
Serrolândia
Sítio do Mato
Sobradinho
Souto Soares
Tabocas do Brejo Velho
Tanhaçu
Tanque Novo
Tapiramutá
Teixeira de Freitas
Teodoro Sampaio
Teofilândia
Teolândia
Tremedal
Ubaíra
Ubaitaba
Ubatã
Uibaí
Umburanas
Urandi
Uruçuca
Utinga
Valença
Valente
Várzea da Roça
Várzea do Poço
Várzea Nova
Varzedo
Vereda
Vitória da Conquista
Wagner
Wenceslau Guimarães
Xique-Xique

Medradense é o vencedor do concurso para escolha do hino oficial de Amargosa

Foto: Arquivo pessoal

A Prefeitura de Amargosa divulgou, no Diário Oficial do Município da última quarta-feira (13), o resultado final do concurso para escolha do hino oficial do município. O vencedor foi Odemar Lúcio dos Santos, que nasceu em Elísio Medrado.

O edital, lançado em junho de 2023, atraiu 19 composições de diversos autores, demonstrando o rico universo cultural de Amargosa e a paixão pela sua história. A obra de Odemar Lúcio se destacou, conquistando a maior pontuação na avaliação da comissão julgadora, composta por especialistas em música e cultura. Como prêmio, ele vai faturar R$ 10 mil.

A composição vencedora será incorporada ao patrimônio cultural de Amargosa após a aprovação na Câmara de Vereadores. No dia 19 de junho Amargosa vai completar 133 anos de emancipação política.

Com informações do Criativa Online

Morador de Elísio Medrado sofre acidente em Amargosa

Foto: i75

Um morador de Elísio Medrado, identificado como Elionor, ficou ferido após sofrer um acidente de moto, na BA-026, trecho de Amargosa, na manhã desta sexta-feira (15).

De acordo com informações apuradas pela reportagem do i75, ele passava pela Curva do Óleo, próximo da Barra de Acaju, quando bateu de frente com outra motocicleta.

Com suspeita de fratura na perna, o medradense foi socorrido por uma equipe do SAMU de Amargosa e levado para o hospital da cidade, de onde seria transferido para o Hospital Regional de Santo Antônio de Jesus.

Não há informações sobre o outro motociclista, bem como seu estado de saúde.

scroll to top